domingo, 20 de agosto de 2017

Como conheci a finansfera

Faz quase 1 ano de blog e não falei como conheci a finasfera. Pois é, em no início de 2015 eu estava em casamento péssimo e afundado na matrix comecei a buscar depoimentos de relacionamentos na internet, pois no dia a dia as pessoas que eu conhecia que eram casadas falavam que era normal o casamento no início ser complicado, mas eu não achava isso normal, pois era uma merda e não contentava que a minha vida continuasse assim só para manter uma pessoa ao meu lado enchendo o meu saco quase todos os dias.

O Chaves era o personagem que o Pobretão usava no blog
Vasculhando na internet acabei descobrindo o blog do Pobretão que falavam sobre casamentos, finanças e vi que tinham outros blogs na lista. Assim comecei a ler os blogs parceiros, etc. Não entendia aquela tabela de ranking no início, só depois de alguns dias que fui entender. Já conhecia o blog do "Viver de Dividendos", mas não sabia que ele fazia parte da finasfera (falo dos blogs que não visam lucros). 

Comecei a ler muito as postagens dos blogs e o meu interesse e aprendizado sobre finanças aumentaram muito e o meu casamento ficando cada vez pior. Vi que estava perdendo muito meu tempo e acabei saindo fora do casamento e depois de algum tempo achei interessante criar um blog para eu registrar a minha corrida em busca da IF.

Parece que algumas coisas ruins que acontecem com a gente vem para abrirmos os olhos. Antes do meu casamento nunca tinha pensado buscar IF, era uma pessoa controlada, não era gastador, mas não tinha dinheiro, possuía alguns trocados. Não conformava com a vida de trabalhar 20, 30, 40 anos para aposentar. Queria investir, mas não tinha o pensamento que tenho hoje que é atingir a IF e sair fora do meu trabalho e fazer outras coisas que gosto.

Durante o casamento ganhei até uma quantidade de dinheiro razoável, mas não consegui juntar nada, pois gastei comprando coisas para a casa, como: móveis, eletrodomésticos, etc. Gastos com a lua de mel e o pagamento do casório que foi uma pequena parcela para mim, sendo que a maioria foram dos pais da noiva, mas se tratando de uma festa cara, foi uma boa grana que desembolsei. Acho que eles desembolsaram cerca de 50k. O que eu acho um absurdo, pois é um dinheiro que é consumido em poucas horas e sem contar que hoje os casamentos não duram.

Vou fazer um post no futuro que irei relatar meus dois anos que não consegui aportar nada, sendo que o dinheiro que tenho agora é de  1 ano de aporte. Era para o meu patrimônio ser bem maior. Agora é seguir em frente e tentar aprender com os erros. Coisa que já estou aprendendo.

Sou muito grato por ter tido conhecido a finasfera, pois saí de uma matrix que a maioria estão afundado até o pescoço.

Abraços,
Cowboy Investidor    

50 comentários :

  1. Já que não tivemos quem nos ensinasse, tivemos que aprender na prática, boa sorte colega.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá LB,

      Verdade. Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      Excluir
  2. Eu conheci da seguinte forma: havia lido PRPP e a biografia do Arnold Schwarzenegger e finalmente estava com um salário que me permitia aportar. Procurei fóruns e achei umas porcarias, dentre os comentários de um vi o anúncio do blog do pobretão. No começo achei bem interessante e engraçado, li muitos posts e achava pensar parecido com ele, até que quase três anos depois decidi fazer meu próprio blog.

    Com o tempo o blog do pobretão virou uma tremenda merda, pois a vida dele visivelmente mudou e ele se viu forçado a manter um personagem.

    A blogsfera ficou melhor com o tempo, com menos lamurias e mais conteúdo útil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá CF,

      O Pobretão foi uma porta de entrada para a finasfera. Bom que eu conheci.

      Abraços.

      Excluir
  3. Fala Cowboy

    Você fez um comentário no meu post sobre casamentos. Neste seu post acima, mais uma vez você tocou no assunto.

    Seria interessante ver um post seu sobre este tema, visto que o casamento é o maior downside patrimonial que a maioria dos homens enfrentam ao longo da vida.

    Abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá TR,

      É verdade, a maioria dos casamentos custam caro para a vida de homem. Não vou prometer, mas é boa ideia essa que você sugeriu.

      Abraços.

      Excluir
  4. Fala CI,

    Antes de mais nada, não estou defendendo casamento nem nada, casa quem quer, fica solteiro quem quer.

    Mas, casamento não tem nada a ver com ficar rico não.

    Se for na Matrix da classe média, da festa super luxuosa de 50K, lua de mel na europa 30K, móveis dos mais caros, apartamento 500K financiado em 3 gerações, aí não tem quem aguente.

    Agora, se o camarada arruma uma esposa que trabalha e gasta seu próprio dinheiro, cada um tem seu dinheiro, dividem as coisas entre si, amigão, casamento prospera.

    Acho que você escolheu a pessoa errada, só isto, não tem nada a ver com finanças.

    Se sua ex esposa trabalhasse e as coisas que ela quisesse ela comprasse com o dinheiro dela, não mexeria em nada no seu dinheiro.

    Outra: Casou com separação total de bens, não tem isto de vai perder tudo depois. Casamento é um contrato, se cada uma das partes concorda que vão separar a parte do dinheiro (que é a que mais gera problemas), casamento tranquilo cara.

    Também conheci a blogosfera através do blog do Pobretão, eu rachava de rir com as postagens e comentários, e criei meu blog também.

    Abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDC,

      O Pobretão era muito engraçado e chorão.

      "Mas, casamento não tem nada a ver com ficar rico não."
      Aí que você se engana, se só uma das partes trabalha para enriquecer e a outra tendo um trabalho e só gasta, mas não aporta o outro vai começar a ficar puto da vida e o casamento começa a desmoronar.

      A minha ex trabalhava e comprava as coisas dela, mas as contas maiores eram minha. A maioria dos casamentos não dividem iguais. Eu separei porque ela não me respeita, inventava mentiras só para encher meu saco. Isso aconteceu depois que assinou o contrato.

      Essa separação total de bens é balela, hoje com esse estado esquerdista o cara só se fode, o juiz na maioria das vezes vai tentar achar uma brecha na lei para nos foder, principalmente se for uma juíza.

      Eu tive uma perda financeira porque eu decidi deixar tudo que eu comprei para traz, apenas queria ter uma vida em paz. Morava de aluguel, não queria financiar nada, pelo menos já via que isso era um mau negócio.

      Hoje a maioria dos casamentos são de fachada, cheio de traições de ambas as partes, falta de respeito, etc. Vivem de aparecias.

      Abraços.

      Excluir
    2. Cowboy, isso que você falou de casamento de fachada acontece muito mesmo.
      Não sou casado, já tive no passado mais vontade de me casar, mas o tempo vai passando e até por não ter encontrado a mulher "ideal" (ou se encontrei deixei passar) a gente vai se acostumendo, talvez se acomodando e essa intenção perde um pouco a força.

      Acho que o casamento pode valer muito a pena se o casal tiver uma relação de muita amizade, e preferencialmente tiverem personalidade e objetivos parecidos, um casal feito por passoas muito diferentes fica complicado.
      O que vejo hoje é que os relacionamentos são cada vez mais, apenas temporários.

      Excluir
    3. Olá Anônimo,

      Antes eu não reparava isso, é só você começar a reparar que você vai notar que é só aparências na grande maioria.

      Também não sinto mais vontade de morar junto com alguém.

      Abraços.

      Excluir
  5. Cowboy,
    Antes tarde do que nunca. Olhe para a frente agora e bola pra frente. Se eu fosse pensar em quanto tempo perdi sem controle das finanças, antes de resolver estudar e me disciplinar, eu ficaria louco.
    Também comecei com o blog do Pobretão, que será sempre uma lenda por aqui.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SF,

      Obrigado pelo comentário. É verdade, agora é seguir em frente.

      Abraços.

      Excluir
  6. Pessoas de classe média e média baixa gastando o dinheiro que não tem em festas de casamento é algo que não entra na minha cabeça.

    O casal vai pro casamento sem ter onde morar, vão pagar aluguel ou financiamentos de 25 anos, mal tem a mobília para casa e gastam um dinheirão no casamento, para alguns convidados ainda ficarem reclamando e dando palpites.
    Fora aquelas conversas que rolam falando mal dos noivos, que já são rodados, do passado da noiva que o noivo não conhece, que algum dos dois já foi corneado(a) etc.
    Enfim, mas vamos respeitar os sonhos e objetivos dos outros.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Isso que você comentou é verdade. O pior é que os noivos nem curtem, ficam só naquela de ficar tirando fotos com convidados. É uma das maiores besteiras. A mulher gosta, pois ela quer inflar o ego para fazer inveja as outras.

      Abraços

      Excluir
  7. Excelente Post! Esse lance de casar na igreja com festa esplendida de 50k-100k até 1000k é fruto da sociedade e um enorme mercado, mas tem mulher que AMA, então vai do valor de cada 1.
    Belos aportes por serem de 1 ano! Parabéns em breve vc atingirá sua IF!

    Vou seguir seu blog

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá GM,

      Isso é verdade. Hoje o que festas de casamentos é um dos negócios que faturam muito. A maioria das mulheres sonham em ter uma festa de casamento.

      Pois é, é só um ano. Vou continuar com essa pegada.

      Abraços.

      Excluir
  8. Olá Cowboy,

    Bola pra frente que a bolsa de neve está só começando.

    E quem sabe um dia você acerta uma boa parceira.

    Abçs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá II,

      Obrigado pelo comentário. Agora é aportar forte.

      Eu não pretendo mais morar junto com ninguém, mesmo encontrando uma boa parceira que é raridade.

      Abraços.

      Excluir
  9. Belo post CI.
    Hoje me vejo numa situação dificil, minha namorada,noiva ,mulher (ja namoro há 7 anos e moro junto tem 3 anos) , esta desempregada,acabou a faculdade agora, só queria saber de estagioszinhos que não pagavam nada, mas que agregavam conhecimento. Nosse tempo sempre banquei tudo. Curso de Inglês 400/mês , plano de saude 380/mês , psicologo300 /mês entre outras coisas que toda mulher precisa. Tudo é comigo. Mas acredito que será um investimento para ela arrumar um emprego melhor para podermos crescer juntos. espero que sim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ISN,

      Tomara que sua mulher depois que arrumar um emprego o poder não suba pela cabeça e te ajude a crescer juntos.

      Abraços.

      Excluir
    2. Investidor sem noção, acho que você não deve contabilizar os gastos que você teve com sua namorada como investimentos.
      Penso que se pode ver isso de duas formas: Baseado no relacionamento e no sentimento que você tem por sua companheira sem esperar nada em troca, ou sem esperar reconhecimento, apenas pelo prazer de colaborar mesmo.
      Ou então como um investimento como você disse, só que aí você fica na expectativa de algum retorno e é compicado alimentar expectativas com pessoas, seja homem ou mulher.

      Portanto se você gosta mesmo de sua companheira, ajude por ajudar não contabilize isso, enfim é meu ponto de vista.

      Excluir
    3. eu não contabilizo, foi apenas uma brincadeira !!

      Excluir
  10. Olá Cowboy!

    Como diz o II, bola pra frente! Chato não ter dado certo com sua ex, mas legal que já resolveu.

    Essa história de casamento ser complicado no começo sei lá hein, pelo menos comigo não está sendo assim. Eu e a senhora inglês nos damos bem, de vez em quando brigamos, mas nada demais.

    Quanto aos gastos com festa de casamento, cara também não entra na minha cabeça galera gastando 50k 100k e as vezes nem casa os camaradas tem!
    Vou fazer um post falando sobre como fiz uma festa sem gastar muito

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá II,

      Eu já estou de boas há muito tempo. Obrigado pelas palavras.

      Balela isso de começo ruim. Pois é, os pais da minha ex gastaram muita grana porque era sonho deles e dela. Vai entender isso.

      Abraços.

      Excluir
  11. Fala Cowboy.
    Eu conheci a finansfera pelo blog "Mestre Poupador", não sei se conhece. Ele tem boas dicas de economia, e eu tava num momento de querer economizar. Dali fui vendo vários outros e vi que era uma verdadeira comunidade, galera trocando ideias e tal. Aprendi um bocado de coisa, como pagar logo as dívidas, fazer depois um colchão de segurança, depois partir pra renda fixa, e só depois buscar a renda variável. Eu queria ir pra renda variável de cara, mesmo com dívidas!

    Parabéns pela marca dos aportes em apenas 1 ano Cowboy!

    Abraços o/
    Diário

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DFO,

      Conheço sim. É um blog muito bom. Obrigado pelo comentário.

      Abraços.

      Excluir
  12. Fala Cowboy, acho q muitos de nós conhecemos a finisfera em razão do pobreta kkkk...
    Aguardo, ansiosamente, seus posts sobre as questões do casamento,

    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FPI,

      Pois é, o Pobretão foi a porta de entrada para muita gente.

      Abraços.

      Excluir
  13. Fala CI, eu quando descobri a blogosfera e a finansfera não sabia nem ao menos o que esses termos significavam, acho que o primeiro post que vi foi a planilha dos surfista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá MI,

      Também não conhecia esse termo. Aprendi aqui mesmo.

      Abraços.

      Excluir
  14. Bacana seu relato !!! Depois pretendo fazer um relato de como conheci a blogosfera..acredito que tenha sido em 2011/2012, porém so neste ano que resolvi criar o blog. Questão de relacionamento é uma faca de 2 gumes: ou cresce ou afunda. Na maioria dos casos afunda. Pode reparar que somente 5% das mulheres se importam em investir, poupar. Grande maioria nem liga para isso e ainda mais grande parte delas querem um parceiro "pronto" para bancar maioria das despesas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá GA,

      Obrigado pelo comentário.

      É verdade. Relacionamento é muito complicado. A maioria das mulheres só querem saber de torrar grana. Feliz é aquele cara que encontrou uma parceira que queira crescer com ele nos investimentos.

      Abraços.

      Excluir
  15. Olá CI

    Valeu pela menção honrosa rsrsrs

    Casamento é algo muito complicado, manter uma vida a dois não é fácil, quando a coisa começa a ir se complicando chega num nível que fica insustentável, nesse caso é melhor cada um procurar seu rumo.

    Mas CI não desista de construir uma família, mesmo que não dê certo tente novamente, talvez na segunda vez vc encontre alguém legal, pega aí nas biografias de grandes empreendedores varios deles separaram e depois se casaram novamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá VDD,

      Pois é, seu blog é muito bom.

      É melhor se separar quando o relacionamento fica péssimo e não viver de aparências.

      Não pretendo juntar, casar novamente, é um risco que vou correr. Essa aposta tem mais chances de dar errado. Obrigado pela mensagem.

      Abraços.

      Excluir
  16. Caraca CI,

    To ficando na neura de casar mermao, to com um pe pra casar e trazer minha namorada para a Arabia hahah seja o que Deus quiser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá BnA,

      Desejo sorte a você. Casamento é uma coisa muito complicado. Falo isso não porque o meu deu errado, mas do que eu vejo e que falam para mim. É uma aposta que pode dar errado ou certo.

      Abraços.

      Excluir
  17. hahahahaha. Muito parecido comigo essa história aí de casamento. Parabéns pelo post. Depois conta mais pra gente. Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SB,

      Obrigado. Depois vou contando nos posts seguintes.

      Abraços.

      Excluir
  18. Só consegui ter e guardar dinheiro depois que eu casei!

    Dividimos as contas igualmente, e ela aporta o mesmo dinheiro que eu.
    Temos ap e carro quitado, tudo é questão de pessoa certa como foi dito pelo VC.

    Só largar a mão de ser um banana e se impor, isso ajuda muito, pois vejo muita mulher que domina totalmente a relação, ai já era!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Esse negócio de impor é verdade. Também vejo muita mulher que manda no homem. Tenho colegas que desistiram do futebol depois que se casou.

      No meu caso, a mulher era louca, vivia frustada e acaba descontando tudo em mim.

      Abraços.

      Excluir
  19. Eae Cowboy, vejo que todos encontramos a finansfera em momentos difíceis, rs..
    Obg pela ideia, tmb publicarei o relato do meu despertar.

    "Parece que algumas coisas ruins que acontecem com a gente vem para abrirmos os olhos." disso que eu falo, também procurei auxílio na internet após dificuldades e tmb já passei sufoco em um relacionamento, apesar de hoje ter encontrada uma pessoa bacana e compatível, senão seria aquele sofrimento que a grande maioria passa...

    Vle!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá LM,

      É isso aí cara. Obrigado pelo comentário.

      Bom que você encontrou uma pessoa boa.

      Abraços.

      Excluir
  20. Cowboy..Qualquer dia desses farei um relato de um relacionamento que tive há alguns anos atrás. A pessoa pelo visto lembra sua ex (problemática, mudanças de humor repentinas, ou seja, totalmente instável). Depois dela, so tive um namoro mais duradouro, o resto nunca mais cosnegui firmar em algo, sempre mantive rolos sem compromisso. O trauma que ficou em mim foi grande. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, GA.

      Para falar a verdade eu aguentei foi muito. Esse tipo de pessoa faz mal para gente e acaba atrapalhando elas mesma, pois nunca vão conseguir um relacionamento duradouro.

      Esperando pelo seu relato.

      Abraços.

      Excluir
  21. Casamento é um troço difícil mesmo, aliás, relacionamentos humanos são difíceis. Mas pode ter certeza que é tão difícil tanto para você quanto para o cônjuge, rs. Mas se o casamento te trouxe à finansfera então ele foi bom, rs.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá UÓ,

      Isso é verdade. Conviver com outras pessoas é bem complicado.

      Pelo menos nessa parte de encontrar a finasfera foi bom.

      Abraços.

      Excluir
  22. Interessante ter partilhado como conheceu a blogosferas e como passou a estudar sobre investimentos

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá DIL,

      Obrigado. Às vezes é bom compartilhar um pouco da nossa vida.

      Abraços.

      Excluir
  23. É sempre bom conhecer a história das pessoas, acho que serve de exemplo, comparação e motivação. Conheci a finansfera a pouco tempo, mas sempre encontro muitas informações e caminhos diferentes para estudar sobre investimentos. Gostei tanto do tema que comecei recentemente um blog tbem. Vou colocar o seu na minha lista de blogs, se puder colocar o meu tambem, agradeço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FI,

      Obrigado pela visita. É isso aí cara.

      Vou adicionar você aqui.

      Abraços.

      Excluir